Observação de Pássaros no Pantanal

Observação de Pássaros no Pantanal

fauna no Pantanal é muito abundante em razão do ciclo das águas que rege essa imensa planície alagada. Durante a estação das chuvas, o transbordamento dos rios inunda o Pantanal e traz uma grande quantidade de peixes para a região. Para as aves e muitas outras espécies animais, é um verdadeiro banquete a céu aberto.

A partir do mês de maio, o recuo progressivo das águas propicia uma grande fartura de alimento. A abundância de alimento na água, como peixes, anfíbios, e crustáceos, é um grande atrativo para as espécies migratórias, de passagem para a reprodução e para a construção de seus ninhos. Quanto mais seco e mais baixo o nível das águas, maior é a concentração de peixes a mercê de predadores famintos. Os pontos de água onde os peixes ficam presos atraem centenas de pássaros. Essas grandes concentrações de pássaros podem ser observadas ao longo da Transpantaneira, onde tuiuiús, garças, gaviões e até mesmo urubus estão à espreita de uma boa refeição.

Mas as aves do Pantanal não se limitam apenas as espécies migratórias e as aves de rapina, estima-se que mais de 650 espécies povoem esta região. Na prática, algumas espécies muito cobiçadas pelos entusiastas da ornitologia requerem um mínimo de conhecimento, bem como o acompanhamento de um guia especializado. O objetivo de um circuito de ornitologia é precisamente ir aos melhores lugares, identificar as espécies procuradas e, idealmente, poder fotografá-las.

Com a sua biodiversidade extraordinária, o Pantanal tem o poder de surpreender até mesmo um especialista naturalista. Do popular martim-pescador-verde à espetacular arara azul, passando pela discreta garça da mata, esse destino oferece um espetáculo colorido!