O Vale do Guaporé

O Vale do Guaporé

O Vale do Guaporé

O rio Guaporé possuí a sua nascente no Mato Grosso, no alto relevo da Chapada dos Parecis. Fronteira natural entre o Brasil e a Bolívia, esse rio possuí uma dimensão extraordinária e também é conhecido por suas áreas de grande concentração biológica. No Mato Grosso, dois parques são testemunhas da incrível biodiversidade do Vale do Guaporé: a Serra de Santa Bárbara e a Serra de Ricardo Franco.

O Vale do Guaporé é caracterizado pela presença de ecossistemas de várzea, especialmente na proximidade da Serra de Santa Bárbara, onde os rios do Guaporé e do Barbado formam o "Pantanal do Guaporé". É uma das raras zonas onde se encontram o cerrado, a floresta amazônica e as planícies alagadas. A depressão do Guaporé influência grandemente na riqueza da fauna e da flora da Serra de Santa Bárbara. Esta unidade de conservação é um tesouro especial, incomum. 

Um pouco mais ao norte, a Serra de Ricardo Franco surpreende pela sua exuberância e seu gigantismo; ela abriga quedas d’água espetaculares, uma vida animal muito rica e ainda a possibilidade de excursões extraordinárias.

Sobre este território, podemos encontrar espécies surpreendentes como: a preguiça-real, o cervo-do-Pantanal, ou ainda como o cuxiú-preto e a onça-pintada. É até mesmo possível observar animais como o boto cor-de-rosa (golfinho de água doce) e tucuxi (Sotalia fluviatilis). Esta região remota contínua sendo pouco conhecida pelos viajantes, mas com certeza um cenário imperdível para os amantes das belezas naturais. A 520 Km de Cuiabá, nos arredores de Vila Bela da Santíssima Trindade você vai encontrar o que há de melhor em termos de ecoturismo.

História & Tradições…

Em Vila Bela, o mês de julho é sinônimo de celebração. Durante dez dias, através da Festa do Congo, as tradições do Brasil colonial voltam a vida na forma de danças, rituais e cantos. As festividades começam geralmente em meados de julho.

Fica a dica:

Se você decidir visitar a área, comece tranquilamente com um dia em Cáceres, que está no caminho entre Cuiabá e Vila Bela. No início de junho, você terá a oportunidade de conhecer o Festival Internacional de Pesca Esportiva (FIPE), que acontece ao longo de cinco dias. Essa parada estratégica pode até mesmo ser uma oportunidade para um primeiro contato com o Pantanal, tendo em vista que a cidade é um das portas de entrada para esse bioma único. Após esta etapa, você está pronto para seguir viagem e para novas aventuras!